quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Material Dourado virtual



Nunca10


Material Dourado Virtual


ATIVIDADES COM O MATERIAL DOURADO



O “Material Dourado” foi criado por Maria Montessori (1870-
1952), primeira mulher na Itália a formar-se em medicina. 
Quando encarregada da educação de crianças com 
deficiências, verificou que elas aprendiam mais pela ação do 
que pelo pensamento, desenvolveu então um método e 
material apropriado de ensino. Sua experiência foi muito 
bem-sucedida e Montessori concluiu que método semelhante 
poderia ter êxito com crianças normais.
O Material Dourado Montessori destina-se a atividades 
que auxiliam o ensino e a aprendizagem do sistema de 
numeração decimal-posicional e dos métodos para efetuar 
as operações fundamentais (ou seja, os algoritmos).
No ensino tradicional, as crianças acabam "dominando" 
os algoritmos a partir de treinos cansativos, mas sem 
conseguirem compreender o que fazem. 
Com o Material Dourado a situação é outra: as relações 
numéricas abstratas passam a ter uma imagem concreta, 
facilitando a compreensão. 
Obtém-se, então, além da compreensão dos algoritmos, 
um notável desenvolvimento do raciocínio e um 
aprendizado bem mais agradável.
O Material Dourado faz parte de um conjunto de materiais 
idealizados pela médica e educadora italiana Maria Montessori.
O nome ”Material Dourado” era conhecido como “Material 
das Contas Douradas” pois inicialmente a sua forma eram 
contas douradas e que hoje temos como no desenho abaixo:




O material multibase, também conhecido como material 
dourado, pode ser usado para explorar a estrutura do sistema 
de numeração; os algoritmos associados às quatro operações 
básicas (adição, multiplicação, subtração e divisão) com 
ênfase no procedimento de agrupamento; conceitos geométricos 
(perímetro, área, volume, etc.); e vários princípios algébricos 
fundamentais.
Vídeo:
           

História:
               

Como foi apresentado a Maria Montessori foi quem criou 
Material Dourado
Podemos Trabalhar com a representação, a decomposição e a 
leitura de números.

FORME:
• uma barra com cubinhos
• uma placa com barrinhas
• uma placa com cubinhos

As atividades de equivalência ajudam o aluno a perceber quantas 

vezes um cubinho “cabe” em uma barra ou em uma placa,...

REPRESENTE 274 com:

• placas, barras e cubinhos
• com barras e cubinhos

• Represente as quantidades 24 e 104 usando o material e desenhe 
as peças que você usou.

• Represente as quantidades abaixo com o material e registre a 
decomposição.
111 =
1234 =

• Registre na tabela.



QUANTIDADE MATERIAL DECOMPONDO ESCRITA:

213


150


958


1030

• Represente as quantidades usando apenas barrinhas e 

responda: 
Quantas dezenas completas há em cada?
37 =
208 =
89 =
235 =
420 =
503 =

• JOGO de VALOR POSICIONAL

Sugerimos só iniciar o trabalho com a adição quando o professor 
diagnosticar a compreensão do princípio de valor posicional.

* Em grupo, cada um na sua vez joga o dado duas vezes. 
Na primeira vez irá representar as quantidades. 
O que sair no dado pegar em cubinhos. 
Desenhe no ábaco de papel as peças. 
Segunda vez o que sair no dado pegar em barras, as 
dezenas. 
Desenhe no ábaco as barras.
Após todos os elementos do grupo terem jogado, juntar primeiro 
as unidades e fazer as trocas. 
Fazer o mesmo com as dezenas, juntar e trocar.
Represente no ábaco os agrupamentos e desenhe o resultado 
final do grupo.
Quantos pontos o grupo recebeu? ________________

Peguem o material que representa o valor dos pontos obtidos na 
atividade anterior. Desenhe-o. 
Consulte a tabela de bônus, veja onde o seu grupo se encaixa e 
acrescente aos pontos que vocês já têm.

TABELA DE BÔNUS:
0 a 50 = 200
51 a 100 = 250
101 a 150 = 300
151 a 200 = 350
201 a 250 = 400
251 a 400 = 500
Qual foi o total do seu grupo? __________________

Jogo - Ganhando um bloco

Para este jogo são necessários: material multibase (qualquer 

base) que constituirá o banco e um dado. 
Podem participar do jogo dois ou mais alunos.

Procedimento:

Em cada rodada os alunos lançam o dado e pegam do banco 

tantas unidades quanto indica o número na face superior 
do dado. Os jogadores fazem a troca: unidades por barras, 
barras por placas e placas por cubo.

Vence o primeiro que tenha conseguido um cubo.

Responda:


– Qual é o menor número de lances necessários para 

ganhar uma barra? E uma placa? E um cubo?

– Qual é o maior número de lances necessários para 

ganhar uma barra? E uma placa? E um cubo?

– É possível obter uma barra no primeiro lance do dado?

– Qual é a chance de obter pelo menos uma barra no 

primeiro lance do dado?

– É possível obter duas barras no primeiro lance do 

dado?


Alterações no jogo 


1. Usando dois dados. Os alunos pegam do banco as unidades 

resultante da soma dos números que aparecem na face 
superior dos dados.

2. Usando três dados sendo dois de cores diferentes. 

Os dois dados de mesma cor indicam o número de unidades 
que serão retiradas do banco e o outro dado indica o 
número de unidades que serão devolvidas ao banco. 
Com esta modificação na regra, o aluno poderá desfazer 
as trocas de placas por barras e de barras por cubos.

0 comentários :

Postar um comentário